FILME: O lado bom da vida

Share

O filme é inspirado no livro de mesmo nome e conta a história de um homem que, apesar de inúmeras experiências ruins – inclusive sua internação em um hospital psiquiátrico – acredita no ‘lado bom da vida’ e faz de tudo para ressignificar tudo o que já viveu. Entretanto, apesar de ter traçado a estratégia que acredita ser a melhor forma de recomeçar, ele percebe que nem tudo pode ser tão planejado assim e que o futuro reserva também acontecimentos que não podemos prever, nem controlar. O fato é que o protagonista não deixa de acreditar que tudo na vida merece uma segunda chance e aos poucos ele consegue, sim, dar um novo sentido às suas vivências.

O longa é uma produção de 2012 e aborda com fidedignidade assuntos como relacionamentos, auto afirmação diante de dificuldades e recomeço são postos em debate e fomenta uma boa discussão.



“Por conta de algumas atitudes erradas que deixaram as pessoas de seu trabalho assustadas, Pat Solitano Jr. (Bradley Cooper) perdeu quase tudo na vida: sua casa, o emprego e o casamento. Depois de passar um tempo internado em um hospital psiquiátrico, ele acaba saindo de lá para voltar a morar com os pais. Decidido a reconstruir sua vida, ele acredita ser possível passar por cima de todos os problemas do passado recente e até reconquistar a ex-esposa. Embora seu temperamento ainda inspire cuidados, um casal amigo o convida para jantar e nesta noite ele conhece Tiffany (Jennifer Lawrence), uma mulher também “problemática” que poderá provocar mudanças significativas em seus planos futuros.” – Sinopse (Adoro Cinema).

Pode-se perceber no filme uma centralização no comportamento desequilibrado das personagens acima citados, ao mesmo tempo em que nos mostra o entrosamento que eles têm diante de tanta desordem. A ressignificação se dar quando um percebe no outro que há uma correspondência emocional que os aliviam das tensões vividas anteriormente.

Assista abaixo ao trailer:

 

Fonte: https://psicologiaacessivel.net(adaptada)

READ  OS INVÓLUCROS DA PSIQUÊ